6 de junho de 2014

Mantendo a segurança durante um apagão - Parte II

Apagão no Brasil, em 2009

No meu artigo anterior, descrevi algumas das consequências possíveis de um apagão prolongado, e muitos de vocês provavelmente acharam que houve algum exagero da minha parte. No entanto, se virem com atenção o video do Youtube acima publicado, referente ao apagão que houve no Brasil em 2009, penso que rapidamente irão mudar de opinião.

Os dois exemplos que apresentei até agora, Quebec/Canadá em 1989 e Brasil em 2009, penso que provam de forma definitiva, tudo aquilo que pode acontecer durante um apagão e que pode comprometer rapidamente e de forma muito grave a sua segurança.

Na cidade de S. Paulo, verificámos no video que milhares de pessoas ficaram presas nos meios de transporte, lojas e estabelecimentos comerciais ficaram sem funcionar, pessoas doentes e idosas passaram por grandes dificuldades devido à paragem de respiradores artificiais, centenas de pessoas ficaram presas em elevadores, milhares de semáforos estavam desligados com o consequentemente aumento no número de acidentes rodoviários, e por fim, houve uma tendência para o aumento generalizado da criminalidade. O sentimento de insegurança era evidente.

E todos esses problemas acontecem durante apagões que duram apenas algumas horas. Imagine se o apagão se prolongasse durante dias, ou semanas... O melhor mesmo é prevenir, e como não consegui escrever sobre todos os temas a que você precisa de estar atento no meu primeiro artigo, aqui ficam mais alguns conselhos e dicas de segurança sobre como estar prevenido para o cenário de um apagão prolongado.

Calor

Se o apagão ocorrer durante uma onda de calor, é importante pensar em formas de nos refrescarmos. Na ausência de eletricidade, sem ar-condicionado ou ventiladores/ventoinhas elétricas, água e movimento de ar são as únicas alternativas possíveis. Eis algumas das medidas a considerar:


  • Tenha vários ventiladores/ventoinhas que funcionem com bateria ou pilhas.
  • Utilize sprays ou borrifadores com água.
  • Isole a sua casa durante o dia. Tape as janelas com mantas ou algum tipo de material que reflita a luz do sol. 
  • De noite, se estiver mais fresco, aproveite para arrefecer a casa e torne a isolá-la antes do sol nascer.
  • Mantenha-se hidratado, recorrendo à água ou às bebidas energéticas que armazenou para este tipo de situações de emergência.

Frio

  • Se tem uma lareira ou salamandra, lembre-se de ter sempre alguma lenha de reserva, para vários dias.
  • Escolha o quarto mais pequeno da sua casa, e logo mais fácil de aquecer, para funcionar como o "quarto quente". Isole-o bem do frio exterior, com mantas ou outros meios. 
  • Utilize um fogão de acampamento/campismo para aquecer alguma água. Coloque em garrafas e depois na sua cama, para funcionarem como botijas de água quente.
  • Vista-se com roupa quente.
  • Coma. A ingestão de alimentos ajuda a combater o frio.

Combustível

Durante um apagão, o seu carro funcionaria enquanto tivesse combustível, mas e depois? Os postos de abastecimento dependem de bombas elétricas para bombear o combustível dos depósitos para o seu carro. 

  • Utilize o meio-tanque no seu carro, como se fosse o tanque vazio. Quando chegar ao meio tanque, encha de novo. Dessa forma, em situações de emergência, terá sempre combustível para mais algum tempo. 

Medicamentos

Se você ou alguém da sua família tem necessidade constante de medicamentos específicos, lembre-se que é muito importante ter alguns de reserva. Durante um apagão, pode não ser fácil deslocar-se até uma farmácia ou então as mesmas podem estar fechadas.

  • Tenha sempre medicamentos específicos de reserva, devidamente armazenados. Tome nota das datas de validade para utilizar e substituir por outros na altura certa.
  • É muito importante ter um kit de primeiros socorros, tanto em casa como no seu automóvel. Tente ter um também no seu local de trabalho.
  • Se possível, tire um curso de primeiros-socorros. Pode ser muito útil em qualquer situação de emergência.

Plano familiar

Elabore um plano de emergência com a sua família, de como proceder durante um apagão. Os seus filhos sabem o que terão de fazer?

  • Todos os elementos da família deverão ter um celular/telemóvel, moedas para utilizar em telefones públicos ou cartões pré-pagos.
  • Pode-se utilizar um amigo ou familiar que esteja numa zona mais distante, não afetada pelo apagão, como ponto de contato. Por vezes as chamadas locais podem estar afetadas mas pode ser possível fazer chamadas de longa distância. Certifique-se que todos os elementos da família sabem o número desse contato.
  • Todos deverão saber utilizar as mensagens de texto nos seus celulares/telemóveis, crianças ou idosos. As linhas ficam rapidamente congestionadas, mas as mensagens de texto podem ainda funcionar.

Defesa pessoal

Não é um tema fácil. Mas durante um apagão prolongado, principalmente nos grandes centros urbanos, a situação pode se tornar muito complicada e violenta. Assim sendo, será sempre importante dispor de algum tipo de arma para a sua segurança e da sua família.

Se ainda assim não os consegui convencer sobre a importância de estar preparado para um apagão prolongado, pode ser que o video seguinte consiga. O video chama-se American Blackout, e pretende mostrar quais seriam as consequências de um apagão de vários dias nos Estados Unidos. Vejam, pois vale mesma a pena.



Para além das medidas de prevenção que mencionei nos meus dois artigos, você acha que existem outras igualmente importantes para manter a sua segurança durante um apagão? Gostaria de ouvir a sua opinião!


Leia aqui a primeira parte do meu artigo.

Sem comentários:

Enviar um comentário